Pausa para as Eliminatórias, Fla e Vasco mais distantes da liderança, Flu agitado e Bota surpreendendo

Redação em 8 de novembro de 2016 - 9:00 em Batom Futebol Clube
  
  

Seleção Brasileira

O técnico Tite terá o grupo completo da Seleção Brasileira nesta terça-feira. Neymar e Giuliano serão os últimos a se juntar aos convocados, que realizaram o primeiro treino de olho na Argentina na segunda-feira. O destaque para a atividade no Independência foi, novamente, para a festa da torcida na arquibancada. Cerca de 8 mil torcedores compareceram ao estádio. Assim como em Manaus e em Natal, a Seleção realiza um treino aberto nas cidades por onde passa e fortalece o trabalho de reconquistar o torcedor brasileiro. A fase de lua de mel após a chegada de Tite segue em alta e esperamos que não termine tão cedo. Líder na tabela das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo de 2018, o Brasil encara o clássico com a Argentina no palco do inesquecível 7 a 1: o Mineirão. Que essa fase positiva de Tite e cia permaneça e que nenhum fantasma nos atormente na próxima quinta-feira.

Botafogo

Não vou falar do clássico de domingo porque achei o resultado justo e o time bem. Vou falar sobre postura. O quanto a cabeça de um jogador pode fazer a diferença em campo. Ex-jogador de Fluminense e Palmeiras e novo reforço do Botafogo, o atacante Roger sempre foi alvo de críticas no passado, principalmente pelos excessos com a bebida e nunca aproveitou as chances nos grandes clubes. Só que ele resolveu mudar o comportamento e mudar de vida. O cara chega ao Alvinegro depois de uma boa temporada no futebol paulista: primeiro pelo RB Brasil, onde foi artilheiro do estadual, com 11 gols, depois com a camisa da Ponte Preta, marcando mais 11 vezes e figurando entre os principais goleadores do país em 2016. Os números expressivos são reflexos do amadurecimento do jogador, dentro e fora de campo. No auge da carreira, o que resta é torcer para que, no ano que vem, ele seja mais um jogador a ajudar rumo à fase de grupos da Libertadores e, claro, à uma boa campanha na competição!

Flamengo

Resumo do jogo deste sábado, contra o Botafogo: Flamengo atacando como quem quer ser campeão e o adversário defendendo como quem quer ir pra Libertadores. Resultado: empate sem gols. Não quero entrar no mérito se foi merecido ou não. Foram muitos gols perdidos dos dois lados, mas os maiores frios na barriga foram para o Botafogo, como aquela bola do Pimpão. Agora, diante do terceiro empate em quatro jogos, o time se vê em terceiro lugar após muito tempo na segunda posição. Obrigada Atlético-MG que perdeu e não empatou em pontos com a gente, correndo o risco de nos passar. E agora vai ser assim: não lutando mais pelo campeonato e sim pra, pelo menos, ir direto para a Libertadores, sem o sufoco da fase de grupos. Não vou lamentar pela situação, afinal, eu nunca esperava estar brigando na parte de cima nesta temporada fatídica, com eliminações frustrantes. Então, agora, é terminar o Brasileirão de forma honrosa! SRN!

Fluminense

O último domingo foi agitado. O Fluminense saiu na frente no jogo contra o Cruzeiro, mas caiu de produção, perdeu de 4×2 e ainda demitiu o técnico Levir Culpi. O lado bom disso tudo é que o tricolor carioca só volta a jogar dia 15, após pausa para as Eliminatórias, e o Marcão terá um tempinho para tentar ajeitar o time. Difícil segurar um técnico após seis jogos sem vitória, parecendo estar sem vontade, acomodado e deixando escapar o G6. Claro que todos os times estavam (e estão) muito próximos, mas a nona colocação é inaceitável. O Flu está a 3 pontos do sexto colocado e próximo adversário, o Atlético PR. Por isso, o clube está fazendo uma promoção onde o ingresso para o jogo sairá a 20 reais. É tudo ou nada. Os tricolores precisam lotar o Maracanã! Para finalizar, achei desnecessária a forma como o Levir se referiu ao Fluminense em sua nota oficial, apesar de achar que ele tenha sido um bom técnico, no início. Porém, o problema vai muito além de um técnico… ST! 

Vasco

Na nossa última coluna, alertei sobre o perigo que era jogar contra o Brasil de Pelotas, na casa do adversário. Meu alerta não foi sem motivo.
O que aconteceu foi simples: o time entrou em campo de salto alto e certo da vitória. Infelizmente o resultado não demonstrou o que vimos em campo. O Brasil foi infinitamente superior ao Vasco e mereceu a vitória. Ainda mais distante da liderança, cabe do Gigante buscar a vitória e, consequentemente, o respeito, na partida de amanhã.
É vencer ou vencer. SV!

Beijo de Batom Vermelho

O beijo desta semana vai para o Boa Esporte, Campeão da Série C, com uma campanha irretocável! Parabéns!

Quem Borrou o Batom?

O jogador Alex, do Internacional, merece o borrou desta semana. Após ser substituído do último jogo, contra o Palmeiras, ele deu um tapa na garrafa de  água oferecida pelo massagista do time. Que feio!

TWITTER: @Batomfclube
INSTAGRAM: BatomFutebolClube

Batom Futebol Clube

 

Qual a sua opinião?