Megafone

Sergio Solon Santos em 6 de Janeiro de 2016 - 18:23 em Destaques, Megafone, Notícias
  
  

sergio

Demissão na Bradesco Esportes Rio

Na última segunda-feira a Bradesco Esportes Rio demitiu o veterano apresentador e repórter Sergio Guimarães. A emissora hoje parece fábrica com cada vez menor número de funcionários. Dizem que é por causa da crise, apesar da emissora levar o nome de um banco.

alvesdemeloruitaveira

Baixa na CBN

Depois de mais de 26 anos, a CBN também demitiu Alves de Mello (direita da foto), então titular do CBN Madrugada. “Foi uma decisão administrativa para contenção de despesas, acredito eu”, resumiu. Alves de Mello fez parte do grupo de fundadores da CBN no Rio de Janeiro.

andrea ferreira cbn

Nova apresentadora

Para o lugar de Alves de Mello, Mariza Tavares aposta agora em Andrea Ferreira. Desejamos todo o sucesso a ela.”Amigos da vida, assumo a apresentação do CBN Madrugada a partir de hoje. Estou muito feliz pela confiança que está sendo depositada em mim. Espero continuar contando com a companhia de vocês nessa minha nova etapa profissional. O ano começa com novos desafios!!!”, escreveu ela numa rede social.

Sandro Gama

Sandro Gama apresentador

A turma tomou um susto ao ver Sandro Gama de volta ao programa “Os Donos da Bola”. Só que para a praça de São Paulo. Gama está substituindo Neto durante as férias e esteve muito a vontade durante toda a apresentação. Inclusive tirou uma clássica do ex-jogador de Corinthians, Dinei: “o futebol está perdendo a graça”. Sandro Gama é o clássico jornalista esportivo que veio de baixo e não puxa o tapete de ninguém.

Clara Nunes Portela e Mangueira

Clara Nunes: Mangueira ou Portela?

Numa roda de samba que frequentei no final do ano passado uma discussão ferrenha entre torcedores de Portela e Mangueira se instaurou. O assunto era Clara Nunes! Por conselho de Cirilo Reis, eleito melhor comunicador do rádio em 2015 pelo Prêmio Rádio Rio, procurei o veterano Adelzon Alves. “Rapaz, essa é uma confusão antiga no samba carioca. Clara era torcedora da Mangueira, mas eu a levava para frequentar a Portela, aliás ela ficou íntima do presidente da escola. Inclusive se você procurar há registros de fotos dela segurando a bandeira da Portela. Eu diria que ela teve os dois pés, um em cada grande escola. Não foi por acaso que no fim dos anos 90 ela foi homenageada nessa comissão de frente dos imortais da Mangueira que você está falando. Clara era da massa, era do povo.”, explicou Adelzon Alves, apresentador do programa “Adelzon Alves, o Amigo da Madrugada de terça a sábado de 0h às 3h pela Rádio Nacional 1130AM.

Qual a sua opinião?