Papo com a repórter Carla Matera

Sergio Solon Santos em 25 de julho de 2016 - 13:16 em Destaques, Entrevistas, Notícias
  
  

carla matera

Em agosto de 2016 a talentosa repórter Carla Matera está integrando o time de repórteres da Rádio Globo Rio. O site Rádio de Verdade bateu um papo com ela. Confira abaixo:

Rádio de Verdade: Meses após a sua saída da Tupi você está voltando para o Sistema Globo de Rádio, desta vez no Rio. A negociação foi rápida?

Carla Matera: Oi ! Há 3 meses sai da Tupi. E minha conversa com a Globo não foi demorada.

RDV: 2- Como é voltar a trabalhar com o Luiz Penido?

Carla Matera: Voltar a trabalhar com o Penido vai ser uma satisfação muito grande. Aprendi muito com ele, que sempre valorizou meu trabalho.

RDV: Como foi sua passagem pela Rádio Globo São Paulo?

Carla Matera:  Em São Paulo vivi talvez meu melhor momento profissional até agora. Foi um grande desafio e tive meu esforço sempre muito reconhecido e trabalhar com Óscar Ulisses,  Osvaldo Paschoal, Maercio Ramos foi sensacional.

RDV: Existe machismo no jornalismo esportivo?

Carla Matera:  Existe machismo sim. Mas não só no jornalismo esportivo. O machismo existe em qualquer lugar onde há mentes pouco esclarecidas.

RDV: Você começa dia 1º de agosto na Globo Rio. Já tem um clube definido para você cobrir e funções combinadas com a coordenação da rádio?

 Carla Matera: Não haverá uma.função exclusiva.  Até porque hoje temos que saber jogar em todas as posições .

RDV: Por que você decidiu sair da Super Rádio Tupi?

 Carla Matera: Precisava muito de novos desafios.

RDV: A rotina de ser mãe e repórter que tem sempre que estar ligada nas movimentações do clube como é?

Carla Matera: tenho sorte! Um filho compreensivo, maravilhoso e uma mãe incrivel que me permite ter tranquilidade para trabalhar.

RDV: Pela sua percepção, o Brasil tem condições de fazer bonito nas Olimpíadas, tendo em vista os problemas sociais e estruturais que o país e a própria cidade vivem?

Carla Matera: Sou uma otimista. Mas como todos , vivo uma expectativa muito grande principalmente quanto a segurança.

RDV: Qual o recado que você tem pra dar para as garotas que querem trabalhar com jornalismo?

 Carla Matera: trabalhar com esporte é sempre desafiador.  Mas tenho sentido que portas estão se abrindo para mulheres. Tive a certeza disso após a conversa que tive com os novos gestores da Rádio Globo. Robinson Vasconcelos e Rafael Marques deixaram muito claro  que valorizam o empenho e sabem como buscar o talento de cada profissional. Identificando e explorando o que cada um tem de melhor.

Qual a sua opinião?